Relogio

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Confraternização mundial - Dia mundial da PAZ


Toda nova era suscita nos homens expectativas e temores, mas sobretudo esperanças de virem a experimentar relações mais justas e fraternas. Ou seja, baseadas na partilha, na comunhão e em um espírito mais cooperativo.
Confraternização, aliás, é bem isso: é equilíbrio. É paz. As duas juntas - paz e confraternização - seguem paralelas e de mãos dadas com o amor universal.
Obviamente que guerras e disputas existiram, existem e certamente vão continuar existindo no mundo. Não é fácil a aceitação das diferenças, principalmente quando vêm acompanhadas de antigos e arraigados ódios.
Muitas nações ainda lutam entre si.
Às vezes, que ironia, em nome de Deus, deuses ou deusas. Aquilo que deveria unir, um sentimento de obediência e respeito ao Criador e, portanto, às coisas criadas, acaba sendo motivo de desunião, de desamor, de não confraternização.
Importante, portanto, que no Dia Mundial da Confraternização Universal e da Paz a humanidade como um todo se veja, se enxergue como um único e absoluto caminho para a paz e cada homem, cada mulher, cada criança se esforce para assumir um compromisso com esse caminho.
Diálogo entre as civilizações
O Ano de 2001 foi considerado pela Organização das Nações Unidas como o "Ano Internacional do diálogo entre as civilizações". A escolha deste tema justo no início do novo século foi de fundamental importância porque apontou para a urgência de todos os povos do mundo abrirem caminhos para uma cultura da paz.
O objetivo dessa escolha da ONU - que atua como um centro para a solução dos problemas que a humanidade enfrenta - é o de promover o diálogo e a tolerância usando o tema de que a diversidade não é uma ameaça.
São essas as palavras de Kofi Annan (o atual secretário geral da ONU), em relação a essa escolha, para quem a ONU é o lugar próprio e ideal de confraternização, já que é um fórum onde o diálogo deve fluir e frutificar: "Eu vejo que o diálogo é a chance para as pessoas de diferentes culturas e tradições se conhecerem melhor, estejam elas em lados opostos do mundo ou de uma mesma rua".
No dia 1º de Janeiro celebra-se o Dia Mundial da Paz. Não poderia haver data melhor. A cada ano que começa é como se zerássemos tudo e começássemos de novo. Tudo pode ser esquecido e, sobretudo, perdoado, condição essencial para a paz.
Em uma época de tantos conflitos, de tanta desigualdade e sofrimento, o novo ano surge como uma possibilidade de fazermos tudo diferente e melhor.
Além da paz mundial e da paz em nossa sociedade, precisamos também exercê-la em nossas relações, cultivando a paz de espírito.
Como o dia 1º de janeiro foi escolhido pela ONU como o dia da Confraternização Universal, muitos países também comemoram essa data com esse sentido de confraternização. 
Ano novo, vida nova". Você já falou ou ouviu alguém dizendo essa frase? Provavelmente sim. E sabe por quê? Porque as pessoas costumam cultivar a esperança em momentos de renovação. E assim é o Ano-novo, época de querer melhorar, além de nossas próprias vidas, o ambiente ao nosso redor e até o mundo.
No Brasil, a chegada do Ano-novo é marcada por alguns rituais: a queima de fogos de artifício e o uso de roupas brancas. Esses cultos têm o objetivo de trazer sorte e paz para o ano que se inicia.
Mas como você definiria a paz?
Ou melhor, você sabe o que pode fazer para construir um mundo mais solidário e humano?
Dicas para começar bem o ano
Já falamos de paz, assunto importantíssimo na virada do ano. Agora vamos à sorte. A Turma do Plenarinho listou algumas das superstições brasileiras para a virada do ano.
Lentilhas - uma colher de sopa é suficiente para assegurar um ano inteiro de muita fartura à mesa. A origem desta superstição é italiana e foi trazida para o Brasil pelos imigrantes.
Romãs - para atrair dinheiro, coma sete partes, guardando as sementes na carteira.
Uvas - para os portugueses, comer 3, 7 ou a quantidade de uvas correspondente ao seu número de sorte garante prosperidade e fartura de alimentos. Para garantir também dinheiro, guarde as sementes na carteira ou na bolsa, até a troca do próximo Ano-novo.
Branco - usar roupas brancas (inclusive calcinhas ou cuecas) é um hábito trazido para o Brasil com a popularização das religiões africanas. O branco representa luz, pureza, bondade.
Nota de dinheiro no sapato - os orientais dizem que a energia entra no nosso corpo pelos pés. Por isso, o dinheiro no sapato atrai mais e mais riquezas.
Para fazer depois da meia-noite
Pular só com o pé direito - você estará atraindo boas coisas para a sua vida.
Jogar moedas da rua para dentro de casa - dizem que atrai riqueza para todos que moram no lugar.
Fazer barulho - é uma forma de espantar os maus espíritos, praticada pelos povos antigos. Vale apito, batucada, bater panelas, desde que seja exatamente à meia-noite. Dizem que não há mal que resista.
Otimismo
Agora você já sabe um monte de coisas sobre a paz e algumas formas de atrair sorte para o novo ano. Você já pode separar a roupa branca e caprichar nos desejos. Você pode até anotar tudo que quer que aconteça em 2006. Só não pode esquecer das suas atitudes para colaborar com um mundo mais fraterno e pacífico, né? E falando nisso, que tal participar do primeiro debate de 2006 - para ajudar o Plenarinho a se tornar um espaço cada vez mais democrático e repleto de paz, alegria, sabedoria e prosperidade?



Fonte: IBGE, www2.portoalegre.rs.gov.br, www.plenarinho.gov.br

Nossos Blogs deseja a todos que nos acompanham, amigos e seguidores um 2013 cheio de PAZ, HARMONIA, SOLIDARIEDADE, CONFRATERNIZAÇÃO, FELICIDADES, e muito dinheiro no bolso.
E por motivo de férias informamos que estaremos em recesso a partir de agora até o nosso retorno da mesme, pois não estaremos em domicílio, por tanto irmos correr os trechos do nosso litoral curtindo o nosso imenso litoral marítimo baiano.
Desejamos também a todos boas férias.
Até breve se Deus quiser.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos por comentar, esperamos que tenhas sido educado e cortês conosco.
Abraço

Lu Cidreira Fotos

Fale conosco

Marcadores

Carnes (52) Curiosidade gastronômica (33) Aves (24) Peixes e Frutos do Mar (24) Bolos (23) Massas (23) Doces e Sobremesas (21) Petiscos (21) Bebidas (18) Caldos e Sopas (17) Entradas (16) Aperitivo (15) Lanches (15) Saladas (14) Churrasco (13) Salgados (13) Saúde (13) Pães (12) Arroz (10) Drinks (10) Aacompanhamento (8) Carnes recheadas (8) Curiosidade (8) Sobremesas (8) Croquete (6) Ervas e especiarias (6) Pizza (6) Comunicado (5) Doces (5) Grelhados (5) Tortas (5) Arroz acompanhado (4) Biscoitos (4) Carne exótica (4) Condimento (4) Diet e light (4) Frango (4) Molhos (4) Salgados e Sobremesas (4) Sorvetes (4) Vinhos (4) Acompanhamento (3) Bacalhau (3) Comidas típicas (3) Estudos (3) Frutos (3) Licores (3) Queijo (3) Receitas para microondas (3) Sopas (3) Tira gosto (3) Avestruz (2) Bifes (2) Bombons (2) Carne sêca (2) Dicas (2) Dieta vegetariana (2) Farofa (2) Feijoada (2) Filé mignon (2) Grãos (2) História (2) Massas inatantânea (2) Pamonha (2) Principal (2) Sucos (2) Alertas (1) Aperetivos (1) Arrozdoce (1) Assados (1) Café (1) Canecas (1) Cararu (1) Carnes afrodisíaca (1) Charutinhos de repolho (1) Comida Árabe (1) Crepes (1) Curiosidades (1) Descontração (1) Dias comemorativos (1) Editorial (1) Etiqueta (1) Filé de Frango (1) Fondue (1) Frango recheado (1) Frutos do mar (1) Hortaliças (1) Informações (1) Informe pessoal (1) Lancha (1) Lasanha (1) Massas instantânea (1) Mensagem (1) Mensagem de Natal (1) Peixe assado (1) Peru recheado (1) Petiscos do humor (1) Picadinho de carne (1) Pudins (1) Receitas para o Natal (1) Risoto (1) Rocambole (1) Solidariedade (1) lucidreira (1)

Seguidores

Sustentabilidade

Afiliados Cursos 24 Horas - Ganhe Dinheiro com seu Site
Ganhe Dinheiro com seu Site no Sistema de Afiliados - Cursos 24 Horas

Vídeo não pode ser exibido.

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Feed de inscrição

Inscriçoes do Feed Icon Subscribe in a reader Botões adicionar A
Share |
Botão G + Google+

Lu Cidreira no G+

Google+ Followers