Relogio

sábado, 11 de junho de 2011

"No frigir dos Ovos"



Pergunta:
Alguém sabe me explicar, num português claro e direto, sem figuras de linguagem, o que quer dizer a expressão: "no frigir dos ovos"?

Resposta:
Quando comecei, pensava que escrever sobre comida seria sopa no mel, mamão com açúcar. Só depois de um certo tempo da crepe, você percebe que comeu gato por lebre e acaba ficando com a batata quente nas mãos. Como rapadura é doce mas não é mole, nem sempre você tem idéias e para descascar esse abacaxi só metendo a mão na massa.
E não adianta chorar as pitangas ou, simplesmente, mandar tudo às favas. Já que é pelo estômago que se conquista o leitor, o negócio é ir comendo o mingau pelas beradas, cozinhando em banho maria, porque é de grão em grão que a galinha enche o papo.
Contudo é preciso tomar cuidado para não azedar, passar do ponto, encher linguiça demais. Além disso, deve-se ter consciência de que é necessário comer o pão que o diabo amassou para vender o seu peixe. Afinal, não se faz uma boa omelete sem quebrar os ovos.
Há quem pense que escrever é como tirar doce da boca de criança e vai com muita sede ao pote. Mas como o  apressado come cru, essa gente acaba falando muita abobrinha, são escritores de meia tigela, trocam alhos por bugalhos, e confundem Carolina de Sá Leitão, com  caçarolinha de assar leitão.
Há também aqueles que são arroz de festa, com a faca e o queijo nas mãos, eles se perdem em devaneios (piram na batatinha, viajam na maionese,
...tec). Achando que beleza não põe mesa, pisam no tomate, enfiam o pé na jaca, e no fim quem paga o pato é o leitor que sai com a cara de quem comeu e não gostou.
O importante é não cuspir no prato que comeu, pois quem lê não é tudo farinha do mesmo saco. Diversificar é a melhor receita para engrossar o caldo e oferecer um texto que se como com os olhos, literalmente.
Por outro lado, se você tiver os olhos maiores que a barriga, o negócio desanda e vira um verdadeiro angu de caroço. Aí não adianta chorar sobre o leite derramado, porque ninguém vai colocar uma azeitona na sua empadinha, não. O pepino é só seu, e o máximo que você vai ganhar é uma banana, afinal, pimenta nos olhos dos outros é refresco...
A carne é fraca, eu sei. Às vezes dá vontade de largar tudo e ir plantar batatas. Mas quem não arrisca não petisca, e depois, quando se junta a fome com a vontade de comer, as coisas mudam da água pro vinho.
Se embananar de vem em quando, é normal, o importante é não desistir mesmo quando o caldo entornar. Puxe a brasa para sua sardinha, que no frigir dos ovos, a conversa chega na cozinha e fica de comer rezando. Daí, com água na boca, é só saborear, porque o que não mata , engorda.
Entendeu o que significa, no frigir dos ovos?

Fonte:
Recebi por email da
minha amiga Bel


Texto publicado no Blog Novas Estações do nosso amigo Wanderley Elian no dia 08 de junho de 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos por comentar, esperamos que tenhas sido educado e cortês conosco.
Abraço

Lu Cidreira Fotos

Fale conosco

Marcadores

Carnes (52) Curiosidade gastronômica (33) Aves (24) Peixes e Frutos do Mar (24) Bolos (23) Massas (23) Doces e Sobremesas (21) Petiscos (21) Bebidas (18) Caldos e Sopas (17) Entradas (16) Aperitivo (15) Lanches (15) Saladas (14) Churrasco (13) Salgados (13) Saúde (13) Pães (12) Arroz (10) Drinks (10) Aacompanhamento (8) Carnes recheadas (8) Curiosidade (8) Sobremesas (8) Croquete (6) Ervas e especiarias (6) Pizza (6) Comunicado (5) Doces (5) Grelhados (5) Tortas (5) Arroz acompanhado (4) Biscoitos (4) Carne exótica (4) Condimento (4) Diet e light (4) Frango (4) Molhos (4) Salgados e Sobremesas (4) Sorvetes (4) Vinhos (4) Acompanhamento (3) Bacalhau (3) Comidas típicas (3) Estudos (3) Frutos (3) Licores (3) Queijo (3) Receitas para microondas (3) Sopas (3) Tira gosto (3) Avestruz (2) Bifes (2) Bombons (2) Carne sêca (2) Dicas (2) Dieta vegetariana (2) Farofa (2) Feijoada (2) Filé mignon (2) Grãos (2) História (2) Massas inatantânea (2) Pamonha (2) Principal (2) Sucos (2) Alertas (1) Aperetivos (1) Arrozdoce (1) Assados (1) Café (1) Canecas (1) Cararu (1) Carnes afrodisíaca (1) Charutinhos de repolho (1) Comida Árabe (1) Crepes (1) Curiosidades (1) Descontração (1) Dias comemorativos (1) Editorial (1) Etiqueta (1) Filé de Frango (1) Fondue (1) Frango recheado (1) Frutos do mar (1) Hortaliças (1) Informações (1) Informe pessoal (1) Lancha (1) Lasanha (1) Massas instantânea (1) Mensagem (1) Mensagem de Natal (1) Peixe assado (1) Peru recheado (1) Petiscos do humor (1) Picadinho de carne (1) Pudins (1) Receitas para o Natal (1) Risoto (1) Rocambole (1) Solidariedade (1) lucidreira (1)

Seguidores

Sustentabilidade

Afiliados Cursos 24 Horas - Ganhe Dinheiro com seu Site
Ganhe Dinheiro com seu Site no Sistema de Afiliados - Cursos 24 Horas

Vídeo não pode ser exibido.

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Feed de inscrição

Inscriçoes do Feed Icon Subscribe in a reader Botões adicionar A
Share |
Botão G + Google+

Lu Cidreira no G+

Google+ Followers